Programa Bolsa do Povo contempla 40 munícipes em Cordeirópolis

O objetivo é oferecer experiência de trabalho e renda aos moradores em situação de vulnerabilidade social

Na manhã desta quinta-feira (23), ocorreu o lançamento do programa Bolsa do Povo, criado pelo governo do Estado de São Paulo, que contemplou 40 cordeiropolenses com a oportunidade de reingressar no mercado de trabalho.

Segundo o secretário de Desenvolvimento Econômico e Sustentável, José Giardini, cada um dos contemplados poderá atuar junto ao setor público por até cinco meses, cumprindo quatro horas de trabalho por dia durante cinco dias na semana. Neste período, eles receberão uma renda de R$535,00 por mês, e receberão um certificado ao término da experiência, que deve durar até 80 horas.

De acordo com a vice-prefeita, Fátima Celin, esta é mais uma conquista pela igualdade do município. “É muito importante que aqueles que estão em vulnerabilidade possam chegar aonde os demais chegam”, afirma Fátima, “Todos devem se sentir incluídos e parte da nossa sociedade”.

Também esteve presente no lançamento do programa o prefeito de Cordeirópolis, Adinan Ortolan, que ressaltou a importância de oferecer oportunidades como essa. “O objetivo é qualificá-los e colocá-los na ativa novamente, para que possam adquirir experiência para conseguir um emprego ou até mesmo abrir o seu próprio negócio”, explica o prefeito.

 

Matéria e fotos da Comunicação da Prefeitura de Cordeirópolis.

Compartilhe esta notícia, escolha sua plataforma preferida!